Mini-Reviews TV TV

VEEP – Season Finale – 6ª Temporada

Veep

A melhor presidente dos Estados Unidos volta aos nossos ecrãs com uma mensagem bem clara: Veep não se censura.

O Melhor

A melhor parte de Veep… é ser Veep. O elenco é de luxo, já todos sabemos, com Timothy Simons em particular a ganhar um novo destaque nesta temporada. Embora a personagem seja irritante – de propósito – Simons faz com que todas as suas cenas provoquem um misto de desprezo e pena que encaixa perfeitamente bem no tom de comédia da série.

E é precisamente no seu tom que Veep se continua a destacar; tendo em conta o clima atual nos Estados Unidos e sendo a série uma sátira política, podia surgir alguma necessidade de ter cuidado com os assuntos abordados ou com as próprias piadas. Mas Veep não se censura e vai mais além, fazendo comentários que chocam ainda mais agora e que arrancam o tipo de gargalhada que nos deixa a pensar se nos devíamos rir sequer. E claro que devíamos, porque por muito que Veep tente provocar sabemos bem que o objetivo é exatamente o contrário.

Esta situação é ainda mais relevante com a própria personagem principal, que a série não tem medo de arrastar pela lama. Selina () nao foi criada para que gostem dela, mas acabamos sempre de alguma forma a torcer por ela, principalmente nesta temporada em que vemos um lado mais humano.


O Pior

Por muito boa que a série seja, nota-se o cansaço do número de temporadas. Veep tenta inovar com enredos diferentes e personagens distintas, mas funciona melhor em equipa. Ter personagens como Amy (Anna Chlumsky) e Dan (Reid Scott) separados, particularmente com o papel secundário que Amy teve nesta temporada prejudica a série. Sente-se a falta do ambiente da primeira temporada, dentro da Casa Branca, numa posição que deveria ser de poder mas não era. Felizmente a série parece estar a perceber o vazio que essa situação deixou e mostra que pretende regressar.

Estado da série: RENOVADA.

Podem ler a mini-review da temporada anterior aqui.


0 80 100 1

80%
Average Rating
  • A melhor presidente dos Estados Unidos volta aos nossos ecrãs com uma mensagem bem clara: Veep não se censura.
    80%

Comments