Frame by Frame Gotham TV

Gotham – 3×16 – Heroes Rise: These Delicate and Dark Obsessions

Gotham

Com 3 temporadas de experiências dentro da série, Ben McKenzie ganha neste episódio, além dos seus deveres como protagonista, deveres como realizador. Faz sentido que um dos atores que mais destaque tem na série saiba bem o que está a fazer no lado detrás do ecrã. Infelizmente, nem mesmo o respeito que McKenzie tem pela série ajudam a salvar este episódio que, tal como na semana passada, é praticamente “morno”.

Ainda dentro do rescaldo da semana passada, Gordon começa a investigar a fundo sobre a verdade do homicídio do seu pai que, afinal de contas, foi morto a mando da Corte das Corujas. Logo, esperava-se que o seu tio Frank (James Remar) estivesse envolvido, de uma forma ou outra. A parte dedicada a Jim Gordon é facilmente a mais aborrecida esta semana, não só porque a sua conclusão já era bastante previsível, mas também todo o trajeto pareceu bastante complicado. A sério, que problema é que os personagens têm sobre segredos? Se se dissesse tudo de uma só vez, poupava-se para aí 15 minutos de episódio. Assim, ia-se direto ao assunto mas sem ter de envolver aparições cruelmente curtas de personagens como Leslie (Morena Baccarin), Carmine (John Doman) ou mesmo Barbara (Erin Richards). Mas, vendo por um lado positivo, ao menos teve-se oportunidade de ver um pouco mais sobre a relação disfuncional entre Jim e Frank, portanto, aí, já é uma vitória por si só.

Ainda sobre o rescaldo da semana passada, Oswald (Robin Lord Taylor) continua bem vivo, o que segue a irritante tendência das séries de super-heróis e do mundo sobrenatural (leia-se “ninguém fica morto durante muito tempo”). Mas em contra-partida, está a ser cuidado por Ivy Pepper (Maggie Geha). Este segmento fica a ganhar muito graças ao “passo de dança” entre Oswald e Ivy: vemos Ivy a querer ajudar Oswald, mas a sua energia e positividade juvenil conseguem ser uma irritação em doses exageradas, algo que Penguin sofre. Ainda tiveram direito a um conflito quando os ex-capangas de Oswald aparecem com intenções menos boas, mas ser Ivy a salvar o dia através da sua paixão por plantas e artimanhas juvenis. E considerando a sua última sugestão, bem, parece que as coisas ainda vão acabar caóticas para Gotham!

Bruce (David Mazouz) voltou a ser o calcanhar de Aquiles da série esta semana, com o jovem milionário aprisionado algures e a ser alvo de “tortura psicológica” por parte de um monge sem nome (Raymond J. Barry). Muita pouca informação nos é dada sobre o paradeiro de Bruce ou o tipo de treino vai ser submetido, ou mesmo o nome do monge. Dá a entender, no entanto, que este vai ser o próximo passo para Bruce se tornar em Batman. Mas tendo em conta o tipo de tratamento que o segmento de Bruce esta semana, já se esperam poucas coisas boas.

0 65 100 1
65%
Average Rating
  • 65%

Comments