Mini-Reviews TV Queen Sugar TV

Queen Sugar – Season Finale – 1ª Temporada

Queen Sugar

Os Bordelons são uma família não muito próxima. A morte do patriarca força-a a tornar-se mais unida para assegurarem que a quinta de cana-de-açúcar que o pai tanto protegeu durante a sua vida continuasse a ter um futuro sorridente. Nova é uma terapeuta e jornalista, Ralph Angel é um pai solteiro de um adorável rapaz mas está desempregado e a envolver-se em conflitos e, por fim, Charley, casada com um famoso jogador de basquetebol, que se vê envolvido num escândalo de violação.

O Melhor: Ava DuVernay é uma cineasta que incute um sentimento profundo nas suas obras. Queen Sugar não é excepção. É uma série ternurenta, onde as cores sobressaem a temática densa e onde as personagens vão florescendo à medida que lhes são apresentados novos desafios. É um exercício humano interessante que testa o seu elenco de forma maravilhosa, despindo-os psicologicamente para os espectadores. A série bebe de uma equipa de realização feminina que mantém a fórmula e princípios de DuVernay durante toda a temporada.

O Pior: Por vezes a série encontra um ligeiro “beco sem saída”. Não é algo que se note a uma primeira vista mas, por vezes, Queen Sugar embrenha-se de forma tão intensa nas vidas das personagens que, quando tenta explorar as suas personagens mais secundárias, perde um pouco a sua consistência. Isto porque as personagens secundárias tornam-se adornos narrativos pouco significativos, ainda que não deixem de entreter.

A série já foi renovada para uma 2ª temporada.

0 83 100 1
83%
Average Rating

Queen Sugar tem o sentimento do lado dela, mas algumas personagens secundárias precisam de encontrar um propósito mais claro.

  • 83%

Comments