Mini-Reviews TV TV

Casual – Season Finale – 2ª Temporada

Casual

Uma das famílias mais disfuncionais da televisão está de volta com novos dramas e experiências, humor subtil e alguns convidados de luxo.

O Melhor: Casual prima pelas suas personagens trabalhadas. É uma série simples e de contemplação. Uma que não exige grandes pensamentos porque a espontaneidade dos atores acaba por sobressair ao argumento por vezes demasiado lento e desinteressante. Michaela Watkins surge como uma líder incrivelmente talentosa e, acima de tudo, Casual é fiel aos seus princípios, combinando um humor subtil que muitas vezes é mordaz e satírico do meio social moderno.

O Pior: Os trunfos da série acabam por ser também os seus defeitos. O ritmo lento, a história dispersa e sem grandes desenvolvimentos leva a que o espectador perca facilmente o interesse. As relações humanas entre as personagens são tão semelhantes ao quotidiano que muitas vezes tornam-se monótonas. Ainda que toque nalguns aspetos interessantes, a narrativa vai-se engolindo num ciclo vicioso de um nada que, para uns é apelativo e para outros apenas um motivo de desistência.

O sucesso de Casual reflete-se na sua nomeação aos Golden Globes mas, se irá permanecer por muito mais tempo no ar, só o saberemos após a 3ª temporada que chegará no próximo ano.

A série foi renovada.

0 71 100 1
71%
Average Rating

Casual tem personagens muito carismáticas e interessantes mas o seu enredo por vezes torna-se cansativo e pouco original.

  • 71%

Comments