Frame by Frame Marvel's Daredevil TV

Daredevil – 2×02 – Dogs to a Gunfight

Daredevil

Bem, se o primeiro episódio desta segunda temporada não vos conseguiu surpreender/convencer, diga-se que esta segunda aventura lá conseguiu um pequeno milagre dessa frente.

Daredevil (Charlie Cox), depois da pequena cena de pancadaria com Fran Castle (Jon Bernthal), está desaparecido, o que deixa Foggy (Elden Henson) num estado perpétuo de preocupação, à procura do seu amigo. Claro que o encontra, mas o facto de ter sido alvejado na cabeça deixaria qualquer um num estado de preocupação. Isto depois leva a uma cena bem atuada por parte de Cox e de Henson, em que se vê a necessidade de se ter um vigilante nas ruas de Hell’s Kitchen, ao mesmo tempo que se comprova também os riscos de uma vida dupla.

Foi um episódio bem atuada por Cox numa outra vertente, em que, por causa do confronto anterior, fica momentaneamente surdo. Apesar de esta parte ter sido relativamente curta, certamente deu uma carga mais desesperante para Matt, que nada sabe fazer do que recostar-se numa parede e a gritar sem poder ouvir.

Com Matt em baixa, foi uma valente oportunidade de termos tempo de antena para outros intervenientes, nomeadamente Foggy e Karen (Deborah Ann Woll), que não só lidaram com a defesa do seu cliente claramente culpado, mas também com a chegada da Procuradora Distrital Samantha Reyes (Michelle Hurd) e do seu assistente Blake Tower (Stephen Rider). Embora não se possa ter visto muito deste último fora deixar um nome bem conhecido dos fãs das bandas desenhadas, já a primeira prova ser um verdadeiro tubarão com os seus planos em completo segredo. O que vale é que também desencadeou uma cena para Foggy, que nos relembra que, além de ser uma boa fonte de comic relief (algumas das vezes), também consegue ser um bom advogado, pronto a defender os interesses de quem tem de proteger.

Também Castle teve direito a se destacar, de ressaltar uma cena em particular, que nos mostra os valores que o Punisher defende enquanto mata uma pessoa culpada. É curta, essa cena, mas é o suficiente para vermos que tipo de pessoa que Frank Castle é sem ter de cair na velha trupe do “atirador sem alma”. No fim e ao cabo, o episódio termina com a segunda ronda de combate entre Castle e Murdock e, tal como o primeiro episódio, torna a não desiludir para quem se tornou fã pelas fantásticas cenas de ação sem medida.

0 80 100 1
80%
Average Rating
  • 80%

Comments