Frame by Frame This Is Us TV

This Is Us – 1×13 – Three Sentences

This Is Us

This Is Us voltou a mostrar-nos um dia de aniversário no passado, desta vez com as crianças a festejaram o seu 10º aniversário. Ficamos a saber que até à data era hábito festejar o aniversário dos quatro numa festa em conjunto, mas desta vez as crianças querem festas separadas, deixando Jack (Milo Ventimiglia) e Rebecca (Mandy Moore) com o triplo do trabalho. Estas três festas permitem-nos começar a compreender melhor a personalidade de cada um: Kevin mostra desde cedo um gosto pela representação e o seu carisma que enche a sua festa de crianças; Kate começa o dia com várias amigas mas acaba mais uma vez sozinha; Randall convida a turma inteira porque é obrigado a tal mas acaba por ter uma festa só com o seu pequeno grupo de amigos e mostra desde o início uma grande maturidade lidando com a situação ainda melhor que Jack e Rebecca. Para os pais estas festas trazem consigo o facto de que os três estão a crescer e a deixar as tradições que tinham até agora no passado, afetando particularmente Jack que já não se sente o herói dos filhos.

Voltamos a visitar as personagens no presente, desta vez não num aniversário. Cada um está a lidar com uma situação única e não propriamente fácil. Kate começa a duvidar do seu interesse pela cirurgia e prefere uma opção diferente para perder peso, um programa intensivo que a deixa isolada e altera o seu estilo de vida de uma forma para a qual não estava preparada. Chrissy Metz tem sido uma das revelações de This Is Us, quer pela sua capacidade a nível dramático como em cenas de comédia, e neste episódio volta a brilhar.

Randall (Sterling K. Brown) está prestes a conseguir uma promoção no seu trabalho quando é interrompido por William que procura aproveitar os dias que lhe restam ao máximo. Para Randall este episódio acabou por ser mais leve, com algumas cenas cómicas e um excelente trabalho de Ron Cephas Jones.

Por fim, Kevin (Justin Hartley) continua com os seus problemas amorosos e acaba por desabafar com Toby. Como é habitual Chris Sullivan acaba por roubar as cenas onde entra (este episódio foi particularmente benéfico para o elenco secundário) e ajuda Kevin a tomar uma decisão que leva a série a mais uma das revelações um bocadinho chocantes a que estamos habituados.

Este poderá ter sido o primeiro episódio da série que não prende completamente a atenção do início ao fim, mas não deixa de ser bem executado pelo seu elenco.

0 80 100 1
80%
Average Rating
  • Poderá ter sido o primeiro episódio da série que não prende completamente a atenção do início ao fim.
    80%

Comments