Arrow Frame by Frame TV

Arrow – 4×13 – Sins of the Father

Arrow

Mas será que eles nunca aprendem? Apresentar a Liga dos Assassinos durante a terceira temporada revelou-se como o maior dos defeitos da série. E agora, com Sins of the Father, a Liga está de volta.

No episódio passado, vimos Nyssa (Katrina Law) a oferecer uma ajuda no que se toca ao caso de Thea (Willa Holland). Entanto, Nyssa possui uma condição para a cura: ela quer que Oliver (Stephen Amell) mate Malcolm Merlyn (John Barrowman). Como já tinha dito, este é um assunto da Liga que está bastante batido, e que chega a irritar mais do que propriamente entreter. Ver duas pessoas a lutar pelo poder de um dos maiores grupos influenciais do mundo é algo que já se viu antes, por isso, nada de inovador por aí.

As próprias personagens secundárias do episódio não correspondem ao que temos visto nos últimos. Vá lá que ver a teimosia tanto de Nyssa como de Malcolm faz o seu sentido (não digam que não, porque faz). Mas ver Diggle (David Ramsey), Laurel (Katie Cassidy) e mesmo a Felicity (Emily Bett Rickards) a dizerem a Oliver para recorrer à morte? Não faz o completo sentido quando, no passado, estes mesmos tentaram sempre dissuadir Oliver de recorrer a tais métodos. O facto de vermos Oliver em busca de uma alternativa que não implique o risco de vidas só mostra o quanto o personagem cresceu durante tantos anos.

Sins of the Father certamente relembrou a cada instante todos os actos que Malcolm cometeu desde o início da série, mas Felicity também teve de lidar com os seus daddy issues, sob a forma de Noah Kuttler/The Calculator (Tom Amandes). Esta revelou-se como a parte mais tolerável de um episódio intolerável, ao vermos o impacto que a falta de presença de uma figura paternal da vida de Felicity e da sua mãe (Charlotte Ross). Falando na mãe, desde que apareceu que vimos Charlotte Ross como uma espécie de comic relief na vida de Felicity, daí a surpresa de vermos um lado mais sério da personagem, o que surpreendeu muita gente por completo.

Em suma, o episódio foi uma completa desilusão, tirando um ponto ou outro. Mas depois destes eventos, já se vê que a vida de Oliver e companhia vai ficar ainda mais atribulada do que o costume.

0 59 100 1
59%
Average Rating
  • 59%

Comments