American Horror Story Frame by Frame TV

American Horror Story – 5×01 – Checking In

American Horror Story

Hello little monsters, American Horror Story está de volta!

Um pouco sem o carisma a que estamos habituados face à ausência de Jessica Lange, mas no entanto parece que Lady Gaga veio a ocupar o seu lugar. Sejam bem-vindos ao Hotel Cortez, um estabelecimento elegante cuja “deselegância” é transparecida pelos seus inquilinos. Duas alemãs dão entrada no hotel e, sem ter de esperar muito, logo se apercebem que algo de errado se passa nos quartos do mesmo. Os nervos e ansiedade começam a palpitar assim que vão surgindo personagens macabras pelas paredes, camas e portas do bizarro edifício. Conhecemos também John Lowe, um detetive que parece estar em maus lençóis quando recebe uma chamada anónima de um assassino com quem tem algum tipo de historial. John tem uma filha que vê com pouca frequência devido às exigências profissionais. A chamada encaminha-o precisamente para o Hotel Cortez, onde demónios do seu passado parecem despertar uma saudade do seu filho desaparecido Holden. Donovan e a Condessa Elizabeth são dois inquilinos sanguinários com glamour e que nos dão a entender que a origem de todo o mal presente no hotel deriva da sua história. A premissa fica lançada acompanhada por um arraial de estrelas que requintam um piloto bizarro mas que vai ao encontro do estilo típico de American Horror Story, com um encanto maléfico já característico da visão perturbadora de Ryan Murphy e Brad Falchuk.

O elenco, que agora dá as boas-vindas a Lady Gaga parece estar em boa forma, bem como a novata parece enquadrar-se nos padrões da série. A excentricidade da figura de Gaga encaixa de forma competente nos visuais coloridos do cenário e que promete desenvolver-se em algo bastante interessante. Apesar de não termos ficado com uma premissa conclusiva do que poderemos esperar deste Hotel, é impossível não nos rendermos à sumptuosidade das suas características e, acima de tudo, da sua entrada sangrenta. Evan Peters e Angela Bassett ainda não mostraram o ar de sua graça, mas American Horror Story consegue manobrar-se equilibradamente com a quantidade de atores magníficos que compõem a sua história. Ao longo de uma hora, o espectador pode não entender à primeira o rumo de Hotel, mas fica fixado nas imagens caprichadas e no entusiasmo de ver Gaga no seu melhor.

Há momentos deliciosos em Checking In, em especial, os momentos em que a música parece ilustrar a tensão e as entradas triunfantes dos intervenientes da história. Destaque para a apresentação de Gaga e Matt Bomer acompanhados pela melodia assombrosa dos She Wants RevengeTear You Apart e para o desfecho acompanhado de Hotel California dos Eagles. Nisto, o que o espectador retém é uma nostalgia que é típica de American Horror Story, com visuais soberbos e elenco fantástico acompanhados de uma banda-sonora fenomenal e cenários excêntricos, que, por fim, culminam em situações macabras e que prometem desenvolver-se em algo maior (e melhor) durante a chegada de novos episódios.

0 84 100 1
84%
Average Rating

Checking In dá início a uma temporada nova de American Horror Story que promete tornar Lady Gaga na próxima musa de Ryan Murphy.

  • 84%

Comments