Frame by Frame How to Get Away with Murder TV

How to Get Away with Murder – 2×01 – It’s Time to Move On

How to Get Away with Murder

Annalise Keating e a sua trupe de aprendizes estão de volta para mais uma temporada de twists incríveis e casos invulgares. A 2ª temporada começa exatamente onde terminou a antecessora com a misteriosa morte de Rebecca e um novo caso que poderá ajudar a esquecer a trama toda que aconteceu na casa. Annelise entrega o caso do seu amante Nate Lahey a Eve Barthlo, encarnada por Famke Janssen. Claro que Eve sabe que o caso que tem em mãos é obra de Annalise mas aquilo que não sabemos é precisamente como ambas se conhecem. Connor está a passar por um mau bocado com Oliver assim que sabe que é portador do vírus do HIV e as aventuras noturnas de Michaela também não a estão a ajudar a superar a sua relação anterior. Laurel está ao encalço de quem matou Rebecca, enquanto que Frank suspeita que tenha sido Wes a matar a sua amada. O certo é que How to Get Away with Murder continua a defraudar o público a encaminhá-lo para resultados que nunca são o esperado, mantendo as linhas de história cativantes e com conclusões imprevisíveis.

O elenco é um dos pontos mais fortes da série e, recém-vencedora do Emmy, Viola Davis continua a maravilhar-nos com a sua multifacetada personagem, de personalidade frágil por detrás de um rosto autoritário e profissional. Jack Falahee também está em destaque, num registo que o torna definitivamente um dos melhores atores da série, não só porque lhe cabe a ele o papel mais exigente dos episódios, como é o escolhido para encarnar o indivíduo socialmente desenquadrado. O argumento por mão do criador Peter Nowalk continua cativante e repleto de momentos inesperados, com uma escrita pulsante e intensa que envolve o espectador na narrativa. Famke Janssen chegou e parece estar bastante confortável nesta nova personagem que certamente irá desenvolver-se em algo bem interessante, bem como uma pequena surpresa final que promete ser o novo “caso chocante” da temporada.

Posto isto, It’s Time to Move On é uma ironia de que ninguém andou com a vida para a frente porque os demónios do passado complicaram a vida de todos os intervenientes, o que significa que How to Get Away with Murder é sem dúvida a aposta mais negra, complexa e interessante de Shonda Rhimes. Estamos impacientes para o próximo episódio e fazemos uma pequena vénia a este extraordinário regresso.

0 85 100 1
85%
Average Rating

Este regresso de How to Get Away with Murder continua a apostar na sua carismática protagonista e nos seus alunos endiabrados de forma alucinante.

  • 85%

Comments