Frame by Frame The 100 TV

The 100 – 3×14 – Red Sky at Morning

The 100

Mais um episódio de The 100 a abrir na Pólis, com Murphy, Pike e Indra a formarem uma equipa improvável. Por muito diferentes que estas personagens sejam umas das outras, o objectivo é o mesmo: escapar da prisão e destruir a mochila de Jaha. Mas não sem antes serem interrompidos por dois guardas de Alie. Ao ver Pike cortado, Alie obriga-os a rever se estão todos bem acorrentados. Para o azar de ambos, é Indra.

Num salto à cidade da luz percebemos o quão cheia esta já está, o que é preocupante!
Alie está a fazer uma migração para um novo host (grande mistério do episódio) a partir da mochila, no santuário, então recorre a Emori para tentar parar o Trio Maravilha, dissuadindo Murphy.

Na Plataforma Petrolífera, Luna mantém a sua decisão ao recusar ser a próxima comandante – “Done Killing” – deixando claro que a Team Skaikru vai voltar a terra nessa mesma noite.
Quando se dirige a Octavia para lhe devolver o diário de Lincoln, dá-lhe um banho de realidade – “Fighting is all you know. (…) Lincoln would have never brought that here.”
Enquanto isso acontece, Jasper faz uma nova amiga, Shay. – Acho que falo por todos quando digo: Vai dar asneira.
Ao mesmo tempo Clarke parece insatisfeita e indignada com a decisão de Luna em não querer a flame, decidindo que se assim continuar, vai fazer a ascensão à força. – Acho que falo por todos quando digo: Vai dar asneira.

Na Arkadia Raven e Monty tentam tenta descobrir falhas no programa de Alie no mainframe. Neste momento começa um conflito de vontades entre eles.
Monty quer seguir o plano de Clarke, que consiste em convencer Luna a receber a flame, extraindo dela o Kill Code para acabar de vez com Alie.
A ideia de Raven é usar o Log In de Becca para entrar no programa de Alie para procurar um Kill Switch.
Após 2 dias a codificar, Raven descobre que Alie está a esconder algo numa zona da City of Light chamada “Citadel” – Zona essa que não é nada mais, nada menos que aquela cidade inacessível que aparece sempre no horizonte separada por água.
Raven fica mais tentada a fazer o log in.

Clarke consegue falar a sós com Luna, mas esta volta a explicar o porquê de não querer ser comandante. Ainda assim, Clarke tenta colocar-lhe a flame no pescoço à força – Deu asneira.
Agora é Clarke que leva um banho de realidade com Luna a revelar-lhe que não fugiu à conclave por ter medo de perder e sim por saber que ia ganhar, sendo que Lexa era a sua próxima adversária. – Acho que está na altura de todos os lesados pela morte de Lexa, se começarem a recompor, porque foi graças a Luna ter decidido abandonar a conclave que Lexa pode aparecer na série em 1º lugar.

Na Pólis o Trio Maravilha invade o santuário. Murphy prepara-se para destruir o mecanismo da mochila de Jaha. Emori revela que nele está contida uma célula de combustível nuclear e a sua destruição vai resultar na irradiação da Pólis. Pike prepara a mala para a conseguir destruir sem danos colaterais.

Chega à hora da Team Skaikru partir, sem sucesso na sua missão. Luna devolve a Flame a Clarke e BAAAM! Alie já está infiltrada na plataforma de Luna, virando os guardas de Luna contra ela. Bellamy, Octavia e Clarke acabam presos no contentor e Luna é levada para dentro.
Jasper torna-se agora na grande esperança. Os guardas dão de caras com ele… Não mais!
Shay tenta ir avisar os outros para não tomarem a key, acabando abatida com uma seta na costas. – Deu asneira.

Começa a tortura a Luna. O plano de Alie parece ser em fazê-la tomar a Key para depois incorporar-lhe a Alie 2.0 de forma a conseguir chegar até ela, tornando-se imparável. Para tentar parar a tortura a Luna, o seu cônjuge aceita tomar a Key, nada feito… – As pessoas não aprendem.

Começa uma sequência de acontecimentos intensa e assombrosa entre a City Of Light e a Arkadia.
-City Of Light: Alie informa Jaha que a migração ainda não está completa, mas que tem de ser feita.
-Arkadia: Monty acaba por adormecer e Raven faz log in no programa de Alie.
City Of Light: Alie é surpreendida por alguém conseguir aceder ao seu programa, sentindo-se pela primeira vez ameaçada. A migração não está completa, não pode livrar-se da mainframe na Arkadia, nem expulsar Raven do programa e a mochila está comprometida. – Parece haver luz ao fundo do túnel!
-Arkadia: Raven entra na Citadel. Monty acorda, mas já não há nada a fazer, visto que o log in está feito e Alie sabe. Raven começa a abrir portas atrás de portas, mas Alie usa alguém para a bloquear.
Hannah Green!!! Distração perfeita para os atrasar.
Estão agora perante um dilema: Apagar o código, resultando na eliminação em definitivo da mãe de Monty (entre outros) ou não o fazer e não poder passar dali. Monty resiste e toma uma decisão – “How do I do it?”
Raven – “You hit enter.
City Of Light: Alie demonstra sentir dor pela primeira vez.
-Arkadia: Raven chega à última porta, descobrindo o “Kill Switch”, mas vai tudo abaixo. Alie desconectou-se da mainframe da Arkadia. – Mais 2 minutos a este ritmo e tinha um ataque cardíaco.

Resta agora a mochila de Jaha para a manter “viva”. Murphy tem nas suas mãos a possibilidade de acabar de vez com essa praga. Mas as suas emoções por Emori deixam-no em conflito. Pike assume a responsabilidade e destrói a célula. Emori sorri. Tarde demais migração completa.
Jaha pega na célula – “They could’ve destroyed everything today.”
Alie – “It’s alright (…) They can’t get to us here.”
A câmara afasta-se de Alie. O programa da Alie está agora alojado na Arca, no espaço. – Incrível!

Na Plataforma, Shay toma a decisão certa ao arrastar-se até ao contentor para libertar Bel, O e Clarke, acabando por morrer. Dentro da plataforma, Alie usa uma criança para convencer Luna, Luna contra-ataca demonstrando a sua força e habilidade enquanto guerreira. Acabando por matar o seu “cônjuge” – Cena mais brutal.

É feito o ritual em memória dos guardas, Derrick e de Shay. Clarke dá a entender que Luna aceitou tornar-se a commander.
Um brinde aos mortos – “From water we are born, to water we return”. Luna dirige-se a Clarke de forma fria e decidida a não ser a commander. – Ficamos confusos.
Octavia cai, seguida por Jasper, Bellamy e Clarke. Acordam já em terra. Luna mandou-os de volta. – Que revolta! Dava mesmo jeito ter a Luna na Team Skaikru.
Now What?”

Pontos Importantes:
-Ligação entre Pike, Murphy e Indra é promissora. Pode funcionar bem daqui para a frente!
-O momento em que Emori aparece na City Of Light foi muito bom. Como se estivesse a voltar à vida.
-A possível relação entre Monty e Harper pode ser uma relação de simbiose. Por um lado Monty pode ganhar mais estabilidade emocional. Por outro Harper ganha mais protagonismo na série.
-Como é que Alie sabe que Sinclair está morto???
-Mais uma prestação magnífica de Lindsey Morgan! Foi a primeira a ir contra o que Clarke define como correcto, no entanto já custa vê-la constantemente a sofrer, não merece!
-O constante uso de frases chave sem recorrer a clichés, tem vindo a ser um ponto forte na série.
Mr. Robot é fixe, mas ainda era mais se tivesse Raven a programar.
-A banda sonora criada por Tree Adams é absolutamente fantástica. O melhor que ouvi desde desde Max Richter em The Leftovers.

Ponto mais importante:
-O que é que Alie está a esconder na Citadel?

0 90 100 1
90%
Average Rating
  • 90%

Comments