Open Sesame Rubricas

Zankyou no Terror, um anime de Anti-Heróis

Zankyou no Terror

Confesso que comecei por ver este anime com a premissa de que iria ver algo relacionado com terrorismo. Em minha defesa, o próprio nome apontava para tal e, considerando que estava classificado como thriller e psicológico contava já com um conteúdo mais maduro. De certa forma estava certa, apesar de terrorismo não ser de todo o tema base deste anime mas sim o que levou a tais actos.

Dirigido por Shinichiro Watanabe e com character design de Kazuto Nakazawa, é notável, desde o primeiro episódio, uma qualidade de animação a par da OST de Kanno Yoko e, mesmo para os mais distraídos, as semelhanças com clássicos de animação como Cowboy Bebop e Samurai Champloo são visíveis.

Em relação ao desenvolvimento e história em si, Zankyou no Terror insere-se num Tóquio dos dias de hoje, cujo primeiro episódio nos consegue dar um vislumbre de todas as personagens principais. Nine e Twelve, são dois alunos do secundário responsáveis por um ataque terrorista precedido de um vídeo que circulava na internet. Este vídeo e futuros – da autoria de Nine e Twelve sob o pseudónimo de Sphinx – formarão a ponte entre os ataques terroristas e a polícia, através de adivinhas que remontam à mitologia grega, mais concretamente baseadas na tragédia de Édipo Rei. Este toque consegue, desde logo, captar a atenção do espectador que, juntamente com Shibazaki, antigo detective da polícia japonesa, irá tentar desvendar o motivo por detrás destes ataques. Lisa Mishima, colega de Twelve e Nine, surge como uma ligação entre o mundo e a humanidade que os rejeitou, sendo envolvida como cúmplice dos actos cometidos por estas duas personagens.

Este anime está repleto de pormenores e simbolismos que o tornam num dos melhores na sua categoria: seja a banda sonora que eleva todo o enredo, a intervenção dos USA na investigação ou mesmo as referências à Islândia.
Constituído por 11 episódios, o enredo está bem conseguido, não havendo espaço por e para encher – e obrigada! com fillers já lidamos nós constantemente. No geral, Zankyou no Terror, é o atípico anime que podemos aconselhar até ao amigo mais reticente, pelo seu conteúdo e desenvolvimento que nos leva a questionar os pilares da nossa sociedade.

Leiam o Open Sesame da semana anterior aqui.

Comments