Mini-Reviews TV Scandal TV

Scandal – Season Finale – 5ª Temporada

Scandal

O Melhor: Esta temporada seguiu em grande parte a campanha dos novos candidatos à presidência dos Estados Unidos. Com algumas personagens que são claros paralelos com os candidatos atuais, foram levantadas algumas questões interessantes sobre a forma como estas campanhas são geridas e sobre as temáticas discutidas na atual campanha. Mellie (Bellamy Young) e Susan (Artemis Pebdani) evoluíram bastante, com bons momentos tanto a nível pessoal como como candidatas. Abby (Darby Stanchfield) encontrou finalmente uma posição na qual consegue afastar-se da sombra de Olivia (Kerry Washington) e teve momentos muito fortes, particularmente com Fitz (Tony Goldwyn) e Cyrus (Jeff Perry). As consequências do rapto de Olivia, que a deixaram com um trauma difícil de superar foram uma adição interessante e apresentaram um bom obstáculo à personagem. Esta temporada conseguiu agitar a série e introduzir algumas mudanças que já eram necessárias há algum tempo.

O Pior: Há muito que Scandal procura testar até onde pode levar Olivia Pope. A personagem nunca foi completamente boa, por muito que quisesse convencer-se disso. Mas nesta temporada, talvez esta tentativa tenha sido levada longe demais. Olivia e algumas das restantes personagens tornaram-se quase irreconhecíveis, com decisões que as deixam bem longe de qualquer redenção. Personagens complexas e moralmente questionáveis são algumas das mais interessantes, mas o problema surge quando a maioria das personagens é tão questionável que relacionarmo-nos com elas é um grande desafio. Embora em menor escala, continua a existir um foco em triângulos amorosos que já não oferece nada de novo; não passam de pessoas tóxicas em relações ainda mais tóxicas, a um nível em que já não sabemos se se merecem uns aos outros ou se merecem estar sozinhos. Começa a ser complicado acreditar que estas personagens tomam más decisões atrás de más decisões sem nunca se verem obrigadas a lidar com as consequências. São colocadas em situações cada vez mais rebuscadas, safando-se delas de forma cada vez mais irrealista. Scandal cai assim na asneira de não criar suspense, simplesmente porque sabemos que por muito complicado que seja o escândalo há uma resposta milagrosa ao virar da esquina.

0 67 100 1
67%
Average Rating
  • Uma temporada politicamente relevante e interessante mas com demasiadas soluções milagrosas.
    67%

Comments