Arrow Frame by Frame TV

Arrow – 4×03 – Restoration

Arrow
0 77 100 1
77%
Average Rating
  • 77%

Mais uma semana, mais um episódio de Arrow para analisar. Esta semana temos uma equipa dividida, com Laurel (Katie Cassidy) e Thea (Willa Holland) a viajarem a Nanda Parbat, reino da Liga dos Assassinos, para as ajudarem nas suas demandas. O que quer dizer que a proteção de Star City está a cargo da OG Team Arrow.

Por esta altura do campeonato, não se pode esperar grandes melhorias a termos de qualidade, somente se pode esperar bons momentos de puro entretenimento. E a série, para o bem ou para o mal, faz isso lindamente. Neste caso, o vilão da semana é um meta-humano, com o nome-código Double Down (Jr Bourne). Muitas vezes queixo-me dos vilões porque têm muito por oferecer, mas acabam por falhar nessa vertente. Mas, quando o vilão da semana é um “mercenário”? Bem, salva-se pelas cenas de ação. E a OG teve bastante trabalho entre mãos. Felicity (Emily Bett Rickards) diverte-se nas interações com Curtis Holt (Echo Kellum), enquanto que os problemas entre Oliver (Stephen Amell) e Diggle (David Ramsey) foram desenvolvidas. Se fica a ideia de que este desenvolvimento foi apressado? Fica, claro que fica. Mas vamos ver se este “casal” ainda dura.

Já a parte em Nanda Parbat foram fraquinhas. Tá bom, que também teve os seus momentos: como o regresso de John Barrowman e Katrina Law oficialmente à série, como também desenvolvimentos quantos aos problemas de Thea. É Laurel que acaba por fracassar. As suas atitudes roçam pela criancice e egoísmo, atirando o seu crescimento durante a terceira temporada para a sarjeta.

Quanto aos flashbacks da ilha, foram decentes, no mínimo. Apesar de não oferecer muita coisa relevante para esta temporada – a conjugação da trama presente e dos flashbacks da segunda temporada continua a ser a minha favorita – sempre deu para entreter, quanto mais não seja vermos de novo o Oliver Obscuro.

Kudos também para Neal McDonough, que continua a causar uma boa impressão como Damien Darhk, mostrando ao espectador o porquê de todos temerem esse nome.

E mais uma coisa: sou só eu ou esta semana, tanto no The Flash como em Arrow tem servido como uma espécie de golpe publicitário de DC’s Legends of Tomorrow?

0 77 100 1
77%
Average Rating
  • 77%

Comments